Diego Milito nega rumores e diz que fica na Inter

O atacante argentino Diego Milito, de 32 anos, negou o desejo de deixar a Inter de Milão e confirmou nesta sexta-feira que continuará na equipe para a próxima temporada. Ele tem contrato por mais três anos e disse que pretende cumpri-lo por se sentir "muito bem" no clube italiano.

AE-AP, Agência Estado

12 de agosto de 2011 | 13h51

"Com certeza, fico. Sou um jogador da Inter, tenho três anos de contrato e estou muito bem aqui", declarou o argentino, em entrevista nesta sexta-feira à rede de TV italiana Sky Sport, desmentindo os rumores sobre uma possível saída da Inter. "Estas coisas me dão vontade de rir, porque parece que todo mundo vai embora, mas não é verdade. Estou muito feliz e espero fazer uma grande temporada", completou.

Herói do título da Liga dos Campeões da Europa na temporada 2009/2010, com dois gols marcados na final diante do Bayern de Munique, Diego Milito perdeu espaço na Inter nos últimos tempos. Por conta de seguidas lesões e da chegada de outros atacantes, como Pazzini, o argentino passou a maior parte da última temporada sem lugar na equipe titular.

Esta concorrência por uma vaga no setor ofensivo pode aumentar ainda mais. O clube italiano, que já conta com Eto''o, Pandev, Pazzini, além dos jovens Alibec e Cataignos, pode acertar com o também argentino Carlitos Tevez, que está insatisfeito no Manchester City. E Diego Milito já tratou de elogiar o compatriota.

"Tevez é um grandíssimo atacante. O conheço porque joguei com ele muitas vez na seleção. Estamos falando de um grandíssimo atacante, com também é Lavezzi", avaliou Diego Milito, lembrando do jogador do Napoli, que também foi cogitado pela imprensa europeia como possível reforço da Inter.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.