Atlético-GO / Site Oficial
Atlético-GO / Site Oficial

Diego Rosa vira esperança para o Atlético-GO não cair de forma antecipada

Caso perca a partida desta noite e o Vitória vença o seu jogo, time goiano estará rebaixado para a série B

Estadão Conteúdo

16 Novembro 2017 | 07h50

De última opção a titular absoluto. Essa é a situação que o atacante Diego Rosa, que já caiu nas graças da torcida do Atlético Goianiense. Nos últimos dois jogos foram três gols, dois deles na vitória por 2 a 0 contra o Sport no último final de semana. Com chances matemáticas de escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o clube goiano segue como lanterna isolado. Nesta quinta-feira, às 20 horas, enfrenta o Botafogo no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, pela 35.ª rodada.

Botafogo encara o lanterna Atlético-GO para encaminhar vaga à Copa Libertadores

Com 30 pontos, o Atlético Goianiense corre o risco de ser rebaixado ainda nesta rodada. Para isso terá que perder no Rio de Janeiro e ainda ver o Vitória bater a Chapecoense em Chapecó (SC). Com isso, o clube estará matematicamente na Série B de 2018, restando três rodadas e nove pontos em disputa. Para não cair, o time tem que vencer todos os jogos até o fim da competição.

Por isso, o técnico João Paulo Sanches fala em fechar a temporada com chave de ouro e já projeta a recuperação no ano que vem. O treinador é uma das marcas da recuperação do time goiano no segundo turno. Com 20 jogos no comando do elenco, o auxiliar tem 41,6% de aproveitamento, números que seriam suficientes para livrar o clube do rebaixamento e que o coloca na frente de Marcelo Cabo e Doriva, ex-treinadores da equipe de Goiânia.

Com apenas dois dias para trabalhar, João Paulo Sanches deve ter apenas duas mudanças no time. O lateral-direito Jonathan e o volante Luiz Fernando retornam de suspensão automática e assumem as suas posições nos lugares de Marcão Silva e André Castro, respectivamente. No restante, o time deve ser o mesmo que venceu o Sport, com Diego Rosa centralizado no ataque, explorando a velocidade nas costas dos volantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.