Diego sonha com um gol no Morumbi

O atacante Diego era só alegria após ter marcado o seu primeiro gol com a camisa tricolor, o segundo da vitória sobre o Fluminense, por 3 a 1, neste domingo à tarde, no Maracanã. ?Agora, o que eu quero é continuar aproveitando as oportunidades que tiver e marcar um gol no Morumbi.? Agora, além da aparência física, Diego novamente se assemelhou ao atacante Luís Fabiano: ambos marcaram seu primeiro pelo São Paulo no Maracanã. Em 28 de fevereiro de 2001, na primeira partida da decisão do Torneio Rio-São Paulo, contra o Botafogo, no Maracanã, Luis Fabiano assinalou dois gols na vitória por 4 a 1. ?Desde aquele gol mudou muita coisa em minha vida e consegui crescer profissionalmente?, disse Luís Fabiano. Lembrou que Diego é um bom jogador e precisa continuar se aplicando para conquistar o seu espaço na equipe. Outro que elogiou Diego foi o goleiro Rogério Ceni. Para o capitão do São Paulo, o jovem demonstrou talento desde o primeiro treino clube e, agora, precisa de ?alguém? que o oriente. ?Ele tem que continuar a ter cabeça boa.? Já o técnico do São Paulo, Roberto Rojas, festejou o bom desempenho da equipe e o resultado obtido em campo. De acordo com ele, a conversa realizada no intervalo da partida foi importante para o time se organizar em campo e dominar o Fluminense. ?O São Paulo estava cedendo muito espaço em campo. Precisávamos entrar na partida. Mostrarmos mais aplicação, porque estávamos apáticos?, afirmou o Rojas, que criticou o excesso de cartões amarelos distribuídos pelo juiz Evandro Rogério Roman. Após mais uma vitória na casa do adversário, o treinador destacou que a regularidade do Tricolor tem sido o principal trunfo da equipe no Brasileiro.

Agencia Estado,

13 de julho de 2003 | 20h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.