Vitor Silva/Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Diego Souza destaca alegria e bom ambiente no Botafogo após 2 vitórias seguidas

Equipe alvinegra derrotou o Sol de América pela Sul-Americana e o Vasco pelo Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

04 de junho de 2019 | 20h38

Depois de uma fase de instabilidade, o Botafogo parece ter se encontrado em campo e nas duas últimas partidas conseguiu vitórias importantes contra o Sol de América, do Paraguai, pela Copa Sul-Americana, e no clássico contra o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro. De acordo com o meia Diego Souza, que balançou as redes em ambos os jogos, estes dois triunfos seguidos trouxeram de volta ao elenco a alegria e o bom ambiente.

"Primeiramente fiquei muito feliz com a vitória. É sempre importante, traz um ambiente bom e todos trabalham com muita alegria para continuar essa clima. Fazer gol é sempre importante, tenho obrigação de fazer, mas não fico com isso na cabeça. A gente tem trabalhado em cima disso também e as coisas têm acontecido com naturalidade. É claro que fazer gols é importante para justificar a sua posição. Sou um camisa 9 hoje que tem a obrigação de fazer os gols. Isso gera tranquilidade até para os nossos torcedores. Fiz dois gols em sequência e espero seguir ajudando a dar trabalho aos adversários", disse.

Até a parada no calendário para a disputa da Copa América, o Botafogo terá dois jogos pela frente. O primeiro será contra o CSA, neste domingo, em Maceió, onde o time buscará a primeira vitória como visitante na competição nacional. Depois terá pela frente o Grêmio, no Rio de Janeiro.

"São jogos super difíceis, as equipes são fortes em casa e sabemos da dificuldade que teremos. O CSA tem uma torcida que irá empurrá-los e temos que ter tranquilidade, fazer o nosso jogo, só assim, trazendo o jogo para as nossas características poderemos ter um bom resultado. Não tem como entrar no Campeonato Brasileiro pensando em ser rebaixado. O campeonato é difícil e tem que ter essa seriedade sempre", afirmou Diego Souza.

Com 101 gols marcados em Brasileiros, Diego Souza ocupa a terceira colocação no distinto grupo de maiores artilheiros na competição. O segundo colocado é Paulo Baier, com 106, e o camisa 7 do Botafogo está perto. "Claro que quero buscar o Paulo Baier. Buscando ele é sinal que estou fazendo um trabalho bem feito. Fiquei sabendo que fiz meu 100.º gol no Campeonato Brasileiro quando fizeram uma matéria. Nunca fui de contar. Gosto de jogar futebol e sempre fui um meia que gostava muito de dar passes e hoje jogo numa posição que sou cobrado pelos gols", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
BotafogoDiego Souzafutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.