Diego Souza deve acertar sua volta

O meia Diego Souza deve conversar nesta terça-feira com o técnico Leão e ser finalmente reintegrado ao Palmeiras, depois de rescindir o contrato com o Vissel Kobe, do Japão. Nesta segunda, o jogador compareceu à Academia de Futebol, na Barra Funda, correu pelo campo, mas o grupo, inclusive a comissão técnica, ganhou um dia de folga. O namoro entre Leão e Diego Souza é antigo. Quando dirigia o São Paulo, o treinador chegou a pedir a contratação do meia. Ao assumir o Vissel Kobe, pediu e conseguiu o jogador, mas sua repentina saída (e posterior retorno ao Brasil) impediu que os dois trabalhassem juntos. Isso só vai acontecer agora no Palmeiras. O treinador já mandou vários recados para o jogador, considerado problemático no clube. Perguntado se a torcida pode atrapalhar a readaptação do jogador no Palmeiras, Leão falou com autoridade: "Se ele tiver com medo é melhor não vir". Mas por trás da rigidez, o técnico deu vários conselhos ao jogador. Orientou-o inclusive na sua rescisão com o clube japonês. Disse que o jogador deveria esperar no Japão até receber sua parte da rescisão, antes de retornar ao Brasil. O jogador, no entanto, preferiu antecipar seu regresso. Com a folga de segunda, o técnico Leão terá pouco tempo para acertar o time que enfrenta o São Caetano, nesta quarta, no Parque Antártica. O maior problema será definir o substituto de Juninho Paulista, que recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora da partida. Pedrinho e Muñoz ainda estão entregues ao Departamento Médico. Em compensação, Leão terá os retornos de Reinaldo e Corrêa, que cumpriram suspensão e não enfrentaram o Fluminense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.