Hélvio Romero/AE
Hélvio Romero/AE

Diego Souza diz que Palmeiras não pode temer Cruzeiro

'Não é moleza vencer o Palmeiras, pode ter certeza', afirma o meia, que retorna na partida no Mineirão

AE, Agencia Estado

15 de setembro de 2009 | 15h12

Apesar de reconhecer a força do Cruzeiro, que derrotou o Internacional fora de casa e ajudou o Palmeiras a se manter na liderança do Campeonato Brasileiro, o meia Diego Souza afirmou nesta terça-feira que o clube paulista não pode temer o adversário da próxima quarta-feira, no Mineirão.

 

Veja também:

linkMarcão diz que Palmeiras aprendeu com a derrota

linkPalmeiras deposita esperanças em Diego Souza 

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Mais do que jogar no Mineirão, vamos enfrentar um adversário embalado. Mas aqui é Palmeiras, não podemos ter medo. O time que jogar contra a gente sabe da nossa capacidade. Não é moleza vencer o Palmeiras, pode ter certeza", opinou o meia.

Ausente na derrota de domingo para o Vitória, suspenso, Diego Souza negou que o time seja dependente dele. "É uma injustiça dizer que a equipe depende do meu futebol. Não jogo sozinho, e muitas das minhas boas atuações aconteceram porque todo o grupo me ajudou dentro e fora de campo", afirmou.

O excesso de cartões amarelos, aliás, é algo que preocupa o meia. Nas próximas partidas, ele promete tentar se controlar. "Sofri três cartões amarelos seguidos e isso não pode se repetir. De repente, é algo que acontece e a gente às vezes não mede as consequências, mas errei e vou me atentar quanto a isso nas próximas rodadas", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.