Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Diego Souza é aclamado no Gre-Nal: 'Minha função é fazer gols'

Após decidir clássico, atacante destaca que Grêmio ainda tem muito a evoluir na temporada

Redação, O Estado de S.Paulo

15 de fevereiro de 2020 | 20h53

É difícil de imaginar, mas o atacante Diego Souza voltou a brilhar num Gre-Nal 13 anos após marcar um gol pelo Grêmio no longínquo ano de 2007. Desta vez ele marcou o gol da vitória sobre o Internacional, aos 46 minutos do segundo tempo, no Beira-Rio, na vitória por 1 a 0 que valeu a vaga gremista na final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. Para ele, só cumpriu sua obrigação.

"A minha função é ajudar o time fazendo gols. O mínimo que eu posso fazer é dar meu 100%. Mais ainda temos muito a melhorar", assegurou o jogador experiente, de 34 anos, que deixou o gramado aclamado como o melhor em campo. Este foi seu terceiro gol em três jogos.

"Voltar ao Grêmio é algo que já me passa um filme aqui na cabeça. É até difícil imaginar que tinha marcado um gol há 13 anos, lá atrás. Nosso time entrou focado, o que é importante. Mas nosso grupo é de qualidade e daí fica mais fácil jogar. Tenho certeza que o time vai melhorar, porque temos grandes jogadores e estamos ainda num ritmo físico inferior ao que podemos mostrar", concluiu.

Para o lateral Victor Ferraz, o Internacional valorizou ainda mais a conquista da vaga na final do turno, contra Caxias ou Ypiranga. "Eu tenho 32 anos e disputei muitos clássicos, mas foi emocionante participar do Gre-Nal. Acho que houve uma grande exibição dos dois clubes e, no final, nós merecemos a vitória. Agora é esperar o nosso adversário e buscar a taça", comentou.

O Grêmio só vai decidir a final em casa se houver uma definição do outro finalista nos pênaltis, após empate no tempo normal. Se um deles vencer, a decisão vai ser disputada no interior. Ou em Caxias do Sul ou em Erechim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.