Rubens Chiri / São Paulo
Rubens Chiri / São Paulo

Diego Souza é dúvida no São Paulo para partida contra o Cruzeiro

Atacante já foi desfalque em empate contra o Grêmio, nesta quinta-feira

Estadão Conteúdo

16 de novembro de 2018 | 17h26

O técnico André Jardine ainda não sabe se poderá contar com o retorno de Diego Souza no São Paulo para a partida contra o Cruzeiro, neste domingo, às 19 horas, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador está se recuperando de uma entorse no joelho direito e aproveitou o treinamento desta sexta-feira para fazer um trabalho específico na perna. Contra o Grêmio, na última quinta, o atleta não foi relacionado.

De qualquer forma, André Jardine garante que mantém as esperanças de ter seu jogador em breve. "Vamos ver e reavaliar. O que aconteceu com o Diego Souza não foi nada sério, e eu conto muito com ele", explicou o treinador, após o empate por 1 a 1 contra o time gaúcho no estádio do Morumbi, na capital paulista, que manteve o São Paulo atrás do Grêmio na tabela de classificação do Brasileirão.

Caso não tenha condições de estar em campo neste domingo contra o Cruzeiro, a tendência é que André Jardine mantenha a escalação da última partida com: Jean; Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê; Helinho, Tréllez e Everton. O treinador gostou do desempenho do time, apesar de não ter conquistado a vitória.

Além de Diego Souza, André Jardine também aposta na recuperação do meia Nenê, mas, neste caso, uma recuperação técnica. "Eu entendo que ele é uma referência dentro do grupo, um dos melhores jogadores do campeonato. Obviamente que nenhum jogador gosta de sair, mas ele ainda é importantíssimo e vai, com toda certeza, nos ajudar nesse final de ano e até o final do contrato dele", avisou.

Com o empate na última quinta-feira, o São Paulo se manteve na quinta colocação com 59 pontos. Tem a mesma pontuação do Grêmio, mas perde no primeiro critério de desempate que é o número de vitórias (16 a 15). O time busca o quarto lugar para conquistar uma vaga direta na fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.