Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Diego Souza é punido, mas pena só vale para o próximo Paulista

Por agressão a Domingos, jogador do Palmeiras leva 8 partidas de gancho; ele joga a Libertadores e o Brasileirão

Redação, estadao.com.br

18 de maio de 2009 | 20h40

O torcedor do Palmeiras respirou aliviado na noite desta segunda-feira. Em julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), o meia Diego Souza foi suspenso por 8 jogos pela agressão a Domingos, do Santos, mas poderá defender o clube na disputa da Copa Libertadores e do Brasileirão - o zagueiro santista recebeu dois jogos de gancho.

 

Veja também:

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especialVisite o canal especial da Libertadores

lista Libertadores - Calendário/Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

Apesar de a agressão de Diego Souza ter ocorrido no Campeonato Paulista, o meia poderia ficar de fora da Libertadores e do Brasileirão se recebesse uma punição em dias - a defesa do Palmeiras conseguiu sucesso ao defender o jogador e mostrar lances das agressões de Domingos na partida contra o Corinthians, pela final do Paulistão.

 

Diego Souza foi absolvido no julgamento do artigo 253 (praticar agressão física), no qual poderia levar 540 dias de gancho - o artigo foi desqualificado para o 258 (assumir atitude contrária à moral esportiva), onde o mesmo levou oito jogos. Ele ainda foi absolvido no artigo 255 (praticar ato de hostilidade). Já Domingos também foi enquadrado no artigo 258.

 

Na partida contra o Santos, pelas semifinais do Paulistão, Diego Souza foi expulso por agredir Domingos, após provocações do zagueiro. Nervoso, o palmeirense ainda entrou em campo e deu um chute no zagueiro do Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.