Ernesto Rodrigues/AE - 19/10/2009
Ernesto Rodrigues/AE - 19/10/2009

Diego Souza pede personalidade ao elenco do Palmeiras

Meia desmente salários atrasados, nega racha e diz que clube não pode mais tropeçar no Brasileirão

AE, Agencia Estado

19 de outubro de 2009 | 19h27

O meia Diego Souza negou nesta segunda-feira que o ambiente no Palmeiras esteja ruim depois da terceira partida consecutiva sem vitória. Mas como já havia feito Marcos no domingo, após a derrota para o Flamengo, ele cobrou personalidade da equipe.

 

Veja também:

linkTempestade interrompe treino no Palmeiras

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"O Marcos é um dos líderes do time e ele já viveu praticamente tudo na carreira. Quando ele pede personalidade, ele está certo. Não tem nada demais em dizer isso e nós realmente temos que dar um algo a mais nesta reta final", afirmou o jogador, para em seguida afirmar que tudo está sob controle no Palmeiras.

"Somos um time de homens e não vamos nos abalar por qualquer coisa. É um grupo amigo e posso garantir que a situação está sob controle", declarou o meia, que negou também qualquer possível atraso no pagamento de premiação. "Ouvi alguma coisa por aí que o elenco estaria rachado, ou que os prêmios estariam atrasados, mas é tudo mentira", ressaltou.

Diego Souza também cobrou a imprensa, que na opinião dele procura criar intriga. "Tem que parar com essa história de ficar criando intriga entre os jogadores. Posso falar que a defesa não foi bem, mas eu também participo das jogadas defensivas de bola parada. A gente erra sempre coletivamente", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.