Lucas Uebel/ Grêmio FBPA
Lucas Uebel/ Grêmio FBPA

Diego Souza valoriza empate do Grêmio com o Santos: 'Estamos muito vivos'

Equipe tricolor precisa de uma vitória simples ou empate com dois gols ou mais para avançar às semifinais da competição sem passar pelas disputas de pênaltis

Redação, Estadão Conteúdo

09 de dezembro de 2020 | 22h34

Grêmio e Santos fizeram um grande duelo na ida das quartas de final da Copa Libertadores, disputada na Arena do Grêmio, na noite desta quarta-feira. Depois de sair atrás do placar, o time gaúcho não desistiu e chegou ao empate, de pênalti, somente aos 56 minutos do segundo tempo. Autor do gol, Diego Souza valorizou o resultado.

"É jogo grande. A equipe do Santos é qualificada, não está aqui à toa. Conseguiram o que vieram fazer, sair na frente com um gol que, com todo respeito, foi um achado. Eles quase não chutaram no primeiro tempo. Nossa equipe martelou. Depois do gol tivemos que sair, deixamos alguns contra-ataques, mas melhoramos no segundo tempo. Criamos para fazer, mas no final fizemos o empate. Estamos muitos vivos na competição, sem dúvida", diz o atacante gremista.

Além de se manter vivo na briga pela classificação, o Grêmio não perdeu a série invicta e aumentou sua sequência sem derrotas para 17 partidas. Agora, as duas equipes voltam a se encontrar na próxima quarta-feira, às 19h15, na Vila Belmiro.

Por ter marcado um gol fora de casa que é critério de desempate, o Santos joga por uma igualdade sem gols. Do outro lado, o Grêmio terá que vencer para avançar. Um novo empate por 1 a 1 leva a decisão da vaga nas semifinais para os pênaltis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.