Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Diego Souza vê lado positivo em derrota do Grêmio: 'Saímos vivos daqui'

Com um a menos em boa parte do segundo tempo, time gaúcho conseguiu evitar que Independiente del Valle aumentasse a vantagem

Redação, Estadão Conteúdo

09 de abril de 2021 | 22h26

Mais uma vez o experiente Diego Souza marcou seu gol, de cabeça, mas o Grêmio levou a virada no segundo tempo e perdeu por 2 a 1 para o Independiente del Valle, do Equador, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai. Claro que não foi o resultado que os gremistas queriam, mas o artilheiro preferiu apontar o lado positivo: "Saímos vivos daqui".

Para ele, o time gaúcho tem todas as condições de vencer o duelo de volta marcado para a próxima quarta-feira, às 19h15, em Porto Alegre. Os visitantes poderão jogar pelo empate e o time da casa terá que vencer por 1 a 0, por ter marcado um gol fora de seus domínios. Se o Grêmio vencer por 2 a 1 ou um gol de diferença levará a definição para os pênaltis.

"Nosso adversário é bem qualificado e lutou bastante para vencer. Mas ainda teremos o jogo de volto e tenho certeza que vamos reverter e buscar a vaga", destacou Diego Souza.

O atacante acha que a arbitragem atrapalhou os planos traçados pelo clube, quando anulou um gol de Ferreirinha ainda no primeiro tempo. A auxiliar anotou impedimento, que não existiu. "Com dois gols no primeiro tempo, a história seria outra. Isso nos daria mais tranquilidade para buscar a vitória. Mas não podemos ficar lamentando", afirmou, lembrando ainda a expulsão de Ruan no segundo tempo.

Ele reconheceu que o time teve atuações distintas nesta noite. "Fizemos um bom primeiro tempo, mas depois, no segundo, baixamos a guarda e o time deles se aproveitou", concluiu.

Quem vencer o confronto vai entrar no Grupo A da Copa Libertadores, definido por sorteio realizado na Conmebol justamente nesta sexta-feira, ao lado de Palmeiras, Defensa y Justicia-ARG e Universitario-PER.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.