Williams Aguiar/Sport Club do Recife
Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Diego Souza volta com gol, faz 7º jogo e Sport vence a 4ª seguida no Brasileirão

Vitória sobre a Chapecoense por 3 a 0 faz equipe voltar à zona de classificação para a Copa Libertadores

Estadão Conteúdo

13 de julho de 2017 | 21h58

Em uma noite marcada pelo sétimo jogo de Diego Souza no Campeonato Brasileiro, coroado com um gol, o Sport manteve a boa campanha e venceu a Chapecoense por 3 a 0, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE), na noite desta quinta-feira. O jogo foi válido pela 13ª rodada.

Foi a sétima partida sem perder e a sexta vitória consecutiva - contando uma pela Sul-Americana e outra pela final do Pernambucano - do time de Vanderlei Luxemburgo, que subiu para a quinta posição, com 21 pontos. Já o clube catarinense está com 15 pontos, próximo da zona de rebaixamento.

Depois de gerar dúvidas sobre sua permanência no clube, ao faltar dois dias seguidos dos treinos, Diego Souza entrou no segundo tempo e completou o número máximo de jogos por um clube. Agora não pode se transferir para outro clube da Série A - o Palmeiras fez mais de uma tentativa de contratá-lo nas últimas semanas.

O JOGO

Logo no começo, o Sport foi com tudo ao ataque e quase abriu o placar em uma jogada de bola parada. Com quatro minutos, Osvaldo levantou a bola para a área e Douglas Grolli desviou para o seu próprio gol. O goleiro Jandrei pulou e não conseguiu defender, mas, para sua sorte, foi para fora.

A Chapecoense só teve uma boa oportunidade no primeiro tempo. Aos 37 minutos, Arthur Kaike tabelou com Wellington Paulista e ficou de frente para o gol. Na hora do chute, a bola caiu no pé esquerdo e o atacante isolou.

No segundo tempo, Vanderlei Luxemburgo colocou Diego Souza em campo e o Sport melhorou. A Chapecoense ficou atrás, mais preocupada em não ser atacada do que de surpreender o adversário. Em uma rápida escapada, porém, o time de Recife chegou ao seu gol. Aos 17 minutos, André tocou para Everton Felipe e correu para a área. O meia-atacante driblou o marcador e cruzou rasteiro para o centroavante concluir para o fundo das redes.

O time mandante ainda teve mais uma boa oportunidade aos 30 minutos, quando Everton Felipe recebeu na entrada da área, driblou dois e ficou de frente para o gol. Na hora do chute, Douglas Grolli conseguiu salvar o time catarinense.

Para o jogo ficar completo ao Sport, faltava o gol de Diego Souza. Aos 46 minutos, Mena fez grande jogada pela esquerda e cruzou na segunda trave para o meia só desviar para o fundo do gol. Ainda nos acréscimos, aos 49, André recebeu o passe da direita e fez mais um desviando de primeira.

Ao final do jogo houve empurra-empurra entre os jogadores, por conta da rivalidade dentro de campo, e também com as participações dos dois técnicos: Vanderlei Luxemburgo, do Sport, e Vinícius Eutrópio, da Chapecoense, que voltou ao banco sob uma liminar, porque estava suspenso.

O Sport volta a campo somente na próxima segunda-feira, às 20h, para enfrentar o Botafogo, no Engenhão, no Rio de Janeiro. Já a Chapecoense fica diante de seu torcedor na Arena Condá, em Chapecó, contra o São Paulo, no domingo, às 16h. As partidas serão válidas pela 14ª rodada.

FICHA TÉCNICA:

SPORT 3 x 0 CHAPECOENSE

SPORT - Magrão (Agenor); Samuel Xavier, Durval, Ronaldo Alves e Sander (Diego Souza); Patrick, Rithely e Mena; Everton Felipe, Osvaldo (Rogério) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CHAPECOENSE - Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Victor Ramos e Reinaldo; Andrei Girotto (Luiz Antônio), Lucas Marques (Lourency), Lucas Mineiro e Seijas (Dodô); Wellington Paulista e Arthur Kaike. Técnico: Vinícius Eutrópio.

GOLS - André, aos 17 e aos 49, e Diego Souza, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Patrick e Ronaldo Alves (Sport); Apodi, Andrei Girotto, Arthur Kaíke, Douglas Grolli, Lucas Marques, Lucas Mineiro, Reinaldo e Wellington Paulista (Chapecoense).

ÁRBITRO - Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES).

RENDA - R$ 465.213,00.

PÚBLICO - 25.861 pagantes.

LOCAL - Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.