Reprodução
Reprodução

Diego Tardelli é suspenso por desrespeitar hino chinês

Jogador do Shandong Luneng olhou para o chão e passou a mão no rosto

AFP

01 Novembro 2018 | 09h46

A Federação Chinesa de Futebol suspendeu por um jogo o atacante brasileiro Diego Tardelli por sua "forma não solene" durante a execução do hino nacional antes de uma partida do campeonato local. O Partido Comunista, no poder na China, estabeleceu uma lei em 2017 para punir as pessoas que desrespeitem a 'Marcha dos Voluntários'. As punições podem chegar a três anos de prisão.

O meia de 33 anos do Shandong Luneng, ex-São Paulo, Flamengo e Atlético-MG, olhou para o chão e passou a mão no rosto durante a execução do hino, antes da partida de domingo contra o Shanghai SIPG. "As formas de Diego Tardelli não foram solenes (...), o que causou um impacto social desfavorável", explicou a federação em comunicado publicado nesta quinta-feira.

A punição não foi bem aceita por muitos torcedores. "Tocar o rosto seria um comportamento de falta de dignidade? É um pouco exagerado", escreveu um internauta na rede social Weibo.

"Pouco importa de que país você vem, é preciso respeitar o hino e a bandeira nacionais", disse por sua vez outro internauta.

 
Mais conteúdo sobre:
futebolDiego Tardelli

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.