Rui Vieira/AP
Rui Vieira/AP

Dier é operado para retirar o apêndice e fica fora do Tottenham até janeiro

Volante da seleção inglesa não atuou na vitória por 1 a 0 sobre o Burnley neste sábado

Estadão Conteúdo

16 de dezembro de 2018 | 13h18

O Tottenham anunciou neste domingo que o meio-campista Eric Dier foi operado para remover o apêndice, por isso só voltará a treinar com o elenco da equipe inglesa em janeiro. O jogador inglês foi desfalque da equipe neste sábado, na vitória por 1 a 0 contra o Burnley, em Wembley, em Londres.

"Dier foi submetido a uma cirurgia para remover o apêndice. O atleta da seleção inglesa foi diagnosticado com apendicite depois de contatar nosso estafe médico para relatar que sofria de dor abdominal. Ele vai passar por um período de recuperação e vai retornar aos treinos em janeiro", disse o Tottenham em comunicado.

Apesar de já ter de lidar com a ausência de Dier, o técnico argentino Mauricio Pochettino optou por poupar alguns titulares do Tottenham contra o Burnley, mas Son e Christian Eriksen entraram durante o segundo tempo. O meia dinamarquês marcou o gol da vitória do time de Londres, aos 45 minutos do segundo tempo.

O Tottenham está em terceiro lugar no Campeonato Inglês, com 39 pontos em 17 rodadas. Nesta temporada, Dier disputou 13 partidas do torneio e mais quatro da Liga dos Campeões da Europa, na qual o time inglês se classificou para disputar as oitavas de final.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.