Dificuldade do Vasco é repetir o time

O técnico Dário Lourenço recorreu aos números para justificar a má fase do Vasco no Campeonato Brasileiro. Ele disse que a maior dificuldade tem sido a de montar um perfil de equipe, o que não pôde fazer por causa de vários problemas: de contusão, afastamento e suspensão de jogadores pela justiça desportiva.Em seis partidas no comando do Vasco, Lourenço já levou a campo 31 atletas. Na defesa, o time atuou com cinco duplas diferentes. "Não consigo repetir a equipe, isso é muito ruim", declarou. O técnico anterior do clube, Joel Santana, foi mais econômico na utilização de jogadores. Em 18 partidas, escalou 28 atletas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.