Mailson Santana/Fluminense
Mailson Santana/Fluminense

Digão pede foco do Fluminense no Vasco antes de pensar na Copa Sul-Americana

Equipe tricolor tem poucas chances de garantir vaga na Libertadores com 40 pontos, seis a menos do que o Atlético-MG, último integrante do G-6

Estadão Conteúdo

02 Novembro 2018 | 15h18

Apesar da classificação do Fluminense para disputar a semifinal da Copa Sul-Americana, o zagueiro Digão quer o time concentrado no clássico contra o Vasco, às 17 horas deste sábado, pela 32ª rodada do Brasileirão. Pela competição nacional, a equipe do defensor tem pouca chance de conquistar uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, mas sustenta uma vantagem confortável para a zona de rebaixamento.

"Nosso próximo adversário é o Vasco e vamos focar neles. Quando entramos em campo, esquecemos a semifinal contra o Atlético Paranaense. Vai ser o jogo mais importante do ano, mas a partida contra o Vasco também é", disse Digão nesta sexta-feira, após o treino do elenco no Centro de Treinamento Pedro Antônio, no Rio.

No Brasileirão, o Fluminense disputou 31 jogos e conquistou 40 pontos, seis a menos do que o Atlético Mineiro, último integrante do G6, e seis a mais do que a Chapecoense, equipe mais bem colocada entre as que estão dentro da zona de rebaixamento.

O cenário sem aspirações nem grande incômodo não é desculpa para desconcentração, afirma o zagueiro. "Procuramos trabalhar jogo a jogo. Agora é hora de mudar a chave para o Brasileiro. Nossa posição não é confortável, precisamos dos três pontos, assim como o Vasco. Clássico é muito importante. Vai ser um jogo de muita dificuldade, muito disputado. Independente de quem jogue, vai entrar com sangue nos olhos para conquistar os três pontos", afirmou Digão, que ainda não sabe se o técnico Marcelo Oliveira vai utilizar força máxima no duelo.

"Todo mundo quer jogar. Eu quero jogar, mas tem que ver quem está apto. É o professor quem vai decidir. Vamos ver com a fisiologia, com os preparadores físicos, mas o professor Marcelo Oliveira quem vai decidir", explicou o zagueiro, que deve ser titular na quarta-feira, no primeiro jogo da semifinal contra o Atlético-PR, na próxima quarta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.