Diguinho briga durante treino do Botafogo

Jogador dá um chute em jogador das categorias de base; técnico Cuca diz que o assunto está encerrado

23 de novembro de 2007 | 21h32

Conhecido por seu estilo truculento em campo, o volante Diguinho ‘perdeu a cabeça’ durante o treino do Botafogo, nesta sexta-feira, no Estádio Caio Martins, em Niterói. Ele deu um chute em Rafael Lima, atleta dos juniores do clube alvinegro. Assustado, o garoto não revidou.  Imediatamente, o técnico Cuca parou a atividade e chamou Diguinho para conversar. Após o coletivo, o volante pediu desculpas a Rafael Lima e ao técnico dos juniores, Luizinho Rangel. Cuca aprovou a atitude de Diguinho, confirmado para enfrentar o São Paulo, amanhã, no Morumbi.  "Diguinho agiu certo ao pedir desculpas. Ele levou uma entrada forte e revidou, mas reconheceu o erro", declarou Cuca.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série ABotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.