Dilma vai esperar por sorteio das Eliminatórias em sala reservada

Local reservado foi exigência da presidente, que fará discurso de abertura da cerimônia

Almir Leite, O Estado de S. Paulo

30 de julho de 2011 | 13h41

RIO - A presidente da República, Dilma Rousseff, ficará em uma sala reservada enquanto aguarda pelo sorteio das Eliminatórias da Copa de 2014, previsto para acontecer às 15h deste sábado, no Rio de Janeiro.

No momento do sorteio, Dilma será buscada no local pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, para que ela abra a cerimônia com um discurso.

A sala reservada foi uma exigência de Dilma, amparada por uma lei que dá a presidentes o direito de ficar em locais reservados durante eventos, sob proteção da segurança da presidência.

Vendaval. Um forte vendaval tem assutado os presentes na na Marina da Glória, onde acontecerá o sorteio. Algumas estruturas metálicas instaladas para receber o evento caíram e placas foram arrancadas pelo vento. Não houve registro de feridos, mas os seguranças pedem cuidado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.