Dimba avisa: "Quero ser o artilheiro"

Animado com a possibilidade de bater o recorde de 29 gols marcados por Edmundo no Brasileiro de 1997, o atacante Dimba investe no jogo em que o Goiás enfrenta o Corinthians, no domingo, para mudar a história de sua vida. "Eu quero ser o artilheiro do campeonato", avisou o jogador, que já marcou 29 vezes na competição. "Nossa equipe não perde há seis jogos, tem projetos otimistas e vou contribuir para o sucesso do time conquistando a artilharia."O Goiás luta por uma das vagas na Libertadores de 2004 e Dimba é a principal arma para isso. "Nossa equipe tem transformado frustrações em alegrias", revelou o artilheiro de 29 anos. "Ninguém acreditava numa reação, mas acreditamos na mudança", lembrou o jogador, depois do time goiano passar quase todo o primeiro turno na lanterna.O sucesso do ataque do Goiás, segundo Dimba, se deve à sintonia do grupo - Grafite e Araújo são os outros atacantes da equipe. "Nosso time é uma orquestra e cada um desempenha bem a sua função", elogiou o artilheiro.Grafite concorda: "Dizem que somos um trio elétrico, então nós trabalhamos para manter o trio bem ligado".Apesar da briga pela artilharia e pelo recorde de Edmundo, Dimba garante que a prioridade ainda é o Goiás. "Em campo, eu passo a bola para quem estiver melhor posicionado. Não sou fominha, mesmo brigando pela artilharia, porque a minha posição é a de colaborar com todos", garantiu.Fora de campo, Dimba já começa a sentir as mudanças com o sucesso que vem fazendo. Nesta sexta-feira, numa visita a um shopping de Goiânia, ele deu inúmeros autógrafos e até ganhou um presente: um par de sapatos numa loja. E agendou entrevistas com 3 emissoras de TV de São Paulo para depois do jogo contra o Corinthians.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.