Thomas Eisenhuth/EFE
Thomas Eisenhuth/EFE

Dinamarca e Alemanha se garantem na Olimpíada no futebol

Bascos fazem 2 a 0 na Sérvia e alemães ficam no 1 a 1 com checos

Estadão Conteúdo

23 de junho de 2015 | 18h57

Campeã da Copa do Mundo no ano passado, a seleção alemã de futebol vai voltar ao Brasil, no ano que vem, para disputar a Olimpíada. Ao empatar em 1 a 1 com a República Checa, nesta terça-feira, em Praga, pelo Campeonato Europeu Sub-21, a Alemanha se classificou para as semifinais do torneio continental e carimbou o passaporte olímpico.

Além do país anfitrião, o futebol masculino dos Jogos Olímpicos terá outras 15 equipes, sendo três da Ásia, três da África, uma da Oceania, quatro da Europa, dois da Concacaf (Américas do Norte e Central e Caribe) e uma da Conmebol. A última vaga será definida em repescagem entre essas últimas duas federações.

Pela Europa, além da Alemanha, também a Dinamarca se classificou nesta terça-feira, ao fazer 2 a 0 na Sérvia. Os dinamarqueses ficaram em primeiro no Grupo A do Europeu Sub-21, com seis pontos, contra cinco da Alemanha, quatro da República Checa e um da Sérvia.

A seleção alemã que disputa o título europeu de base tem como destaque o goleiro Ter Stegen, titular do Barcelona na conquista da Liga dos Campeões, e o atacante Enre Can, do Bayer Leverkusen. O goleiro, entretanto, já tem 23 anos e não pode disputar a Olimpíada, a não ser que entre na cota de três atletas mais velho.

O Europeu Sub-21 teve início no segundo semestre de 2013, com as Eliminatórias. São elegíveis para participar da competição os atletas que tinham 21 anos ou menos no início do torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.