Dinamarquês escapa de cirurgia e deve jogar Copa

O goleiro dinamarquês Thomas Sorensen aumentou suas esperanças de participar da Copa do Mundo após a definição de que a lesão sofrida no cotovelo não requer a realização de uma cirurgia.

AE-AP, Agência Estado

26 de abril de 2010 | 13h33

Sorensen deslocou o seu cotovelo direito no domingo, após se chocar com Salomon Kalou, no momento em que o marfinense marcou o segundo gol do Chelsea na vitória por 7 a 0 sobre o Stoke City.

Machucado, Sorensen foi substituído e levado de Stamford Bridge para um hospital, onde o seu cotovelo foi recolocado no lugar sem a necessidade de uma cirurgia.

"Se ele tivesse que ser operado, ele teria dificuldades para jogar a Copa do Mundo, mas uma boa notícia nos foi dada, já que [o cotovelo] foi posto no lugar sem a necessidade disso".

A seleção dinamarquesa está no Grupo E da Copa do Mundo e vai estrear contra a Holanda, em Johannesburgo, em 14 de junho. Depois, a equipe vai enfrentar Camarões, no dia 19, e o Japão, no dia 24.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.