Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Dinamite promete acertar salários atrasados do Vasco nesta segunda-feira

Presidente aposta tudo na parceria com a Caixa

O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2013 | 19h34

RIO - O presidente Roberto Dinamite acredita que poderá colocar as contas do Vasco em dia na próxima segunda-feira. Nesta semana, o clube cruzmaltino anunciou parceria com a Caixa. "Os salários estavam para ser pagos na sexta-feira, mas por causa de algumas questões burocráticas, o pagamento acabou não sendo feito. Mas, na segunda-feira, faremos o pagamento, sem falta. Agora ficaremos em dia com todos no clube", diz o presidente.

O Vasco deve os pgamentos de maio e junho para seus jogadores. Quando a crise financeira do clube veio à tona, Dinamite fez um acerto com o elenco de que tentaria pagar os salários até o dia 20 de cada mês. Desse modo, o presidente entende que os vencimentos de junho ainda não estão atrasados. O Vasco tenta recuperar o crédito que perdeu nesta temporada. Além do acerto com a Caixa, o clube também conseguiu convencer Juninho Pernambucano a voltar.

Dessa forma, Dinamite vai respirando mais aliviado e tentando recolocar o time nos trilhos. O acordo com a Caixa é na ordem de R$ 20 milhões. O clube ainda está perto de assinar com a Nissan no valor de R$ 8 milhões. 

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    VascobrasileirãoDinamite

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.