Dínamo de Kiev recusa oferta de italianos por Kléber

Clube ucraniano negocia o jogador com outros clubes da Europa; Palmeiras ainda não desistiu

Juliano Costa, Jornal da Tarde

14 de janeiro de 2009 | 20h51

O Dínamo de Kiev recusou a proposta do grupo de investidores italianos que se ofereceu para colocar Kléber por empréstimo no Palmeiras. A oferta era de US$ 8 milhões, valor pedido inicialmente pelo clube ucraniano. Segundo o gerente de futebol palmeirense, Toninho Cecílio, os ucranianos estão negociando com outros times europeus.       Veja também: Palmeiras leva 3 a 0 do Rio Claro no 1.º jogo-treino Pierre admite que Palmeiras precisa de experiência Brasileiro Edmílson reclama e admite deixar o VillarrealConfira as novidades do mercado do futebol Paulistão 2009 - Tabela Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão"Mas ainda está de pé, ainda existe a possibilidade de o Kléber voltar para o Palmeiras", disse Toninho Cecílio. "Se eles receberem uma proposta maior, é evidente que vão aceitar. Mas se não aparecer nada, podem aceitar a proposta dos italianos".O empresário de Kléber, Giuseppe Dioguardi, está na Ucrânia, tentando convencer o Dínamo a aceitar a oferta do grupo italiano - cuja identidade não é revelada por ele e nem pelo Palmeiras. O atacante deve viajar para Kiev nos próximos dias. E diz que sua intenção é permanecer no Brasil, perto da família. "Tudo o que poderíamos fazer, já fizemos. A situação não depende mais da gente", garantiu Toninho Cecílio. Informado por uma jornalista de que o Corinthians tentaria atravessar o negócio, o dirigente se irritou. "O que eu tenho a ver com o Corinthians? Se eles conseguirem contratar, não posso fazer nada!"Faltando menos de uma semana para a estreia no Campeonato Paulista, o Palmeiras tem apenas Lenny, Daniel e Max como atacantes no elenco. "É nosso setor mais carente e é evidente que estamos trabalhando para trazer reforços. Nem sempre eles vêm no prazo que a torcida gostaria, mas vão vir e tenho certeza que o Palmeiras vai ter um time para lutar de igual para igual com os demais", disse Toninho Cecílio.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasDínamo de KievKléber

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.