Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Dínamo de Zagreb proibe torcida de assistir partida

Diretoria da equipe croata diz que não pode garantir a segurança dos torcedores no jogo de domingo

EFE,

25 de julho de 2008 | 22h05

O Dínamo de Zagreb, da Croácia, decidiu nesta sexta-feira não permitir a presença da sua torcida no jogo de domingo, pela primeira rodada do Campeonato Croata, após os violentos protestos contra a saída do antigo técnico Zvonimir Soldo.Segundo o diário Sportske Novosti, a demissão do treinador e a contratação de um jogador do rival Hadjuk Split motivaram as manifestações da ala mais radical dos torcedores. Desta forma, a direção do Dínamo optou por enfrentar o Rijeka com portões fechados no Estádio Maksimir de Zagreb."Não podemos garantir a segurança das pessoas. Houve incidentes em nossos jogos na Áustria e Eslovênia. Além disso, alguns hooligans estragaram o gramado. Contra o Linfield (na primeira fase preliminar da Liga dos Campeões), atiraram rojões. Peço perdão aos sócios, que também não poderão entrar", disse Zdravko Mamic, vice-presidente do clube.Já os "Bad Blue Boys", torcedores radicais, qualificaram a decisão de "maior escândalo da história do clube". Esta parte da torcida ameaçou boicotar os jogos do Dínamo quando voltarem a ter sua entrada liberada no Maksimir.

Tudo o que sabemos sobre:
Dínamo de Zagreb

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.