Jesus Spinola/Sevilla
Jesus Spinola/Sevilla

Diniz afirma que Ganso mudará patamar do Fluminense: 'Terá um salto de qualidade'

Meia chega como grande contratação do tricolor carioca para a temporada

Redação, Estadão Conteúdo

03 de fevereiro de 2019 | 15h06

Acostumado a dar opiniões sobre Paulo Henrique Ganso ainda antes de o meia ser confirmado como reforço do Fluminense, o técnico Fernando Diniz comentou sobre o talento do jogador e afirmou que ele pode mudar o patamar do time, caso o clube dê condições para o camisa 10 "extravasar" seu talento.

O treinador elogiou Ganso e confia que o meia possa "dar um salto de qualidade" no time. "Claro que pode mudar (de patamar), mas não podemos colocar toda uma coletividade em cima de um único jogador. O Ganso, na minha opinião, é um dos maiores talentos que o Brasil produziu nos últimos 15 anos. Esperamos oferecer condições no Fluminense para que ele possa colocar para fora, extravasar, esse talento de maneira mais perene. Se conseguirmos isso, e essa é nossa aposta, o Fluminense terá um salto de qualidade, porque é um jogador acima da média. Esperamos que isso aconteça", disse.

Diniz, porém, adotou cautela sobre uma possível data para estreia de Ganso, que não joga há quase dois meses, e ainda terá que se readaptar ao futebol brasileiro, do qual saiu em 2016, quando deixou o São Paulo para defender o Sevilla, da Espanha.

"Há um tempo de adaptação, ele está há um tempo parado. Vai voltar a jogar aqui no Brasil, tem o calor do Rio de Janeiro, uma série de coisas que precisamos prepará-lo antes de ele estrear em boas condições. Esperamos de fato que consigamos ajudar o Ganso, e que o Ganso consiga ajudar o Fluminense", afirmou o técnico.

A chegada de Ganso no Rio está prevista para a noite deste domingo. O meia, que está em Santos, deve desembarcar por volta das 20h30 no Aeroporto Santos Dumont. A apresentação de Ganso está marcada para a próxima terça-feira, em uma coletiva de imprensa no Maracanã.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseFernando DinizGanso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.