Ivan Storti / Santos
Ivan Storti / Santos

Diniz elogia disposição do Santos, mas adverte para a falta de pontaria do ataque

Equipe de Vila Belmiro fez 2 a 0 sobre o Cianorte, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de junho de 2021 | 22h46

O técnico Fernando Diniz elogiou a disposição do time do Santos na vitória por 2 a 0 sobre o Cianorte, nesta terça-feira, no interior do Paraná, em duelo válido pela Copa do Brasil, mas advertiu para a falta de pontaria do ataque.

"O time atuou compacto, solidário, junto e fez uma marcação pressão praticamente o tempo todo. Tivemos força para marcar e atacar", disse o treinador. "Mas conseguimos criar muitas oportunidades, mas falhamos muito nas finalizações. É verdade que o goleiro adversário fez boas defesas, mas estas falas podem fazer falta diante de outro adversário."

Com a vitória sobre o Cianorte, o Santos quebrou uma sequência de três derrotas consecutivas, com oito ols sofridos. Desta forma, o time vai com mais confiança para o jogo de sábado, na Vila Belmiro,m, diante do Ceará  pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Para este jogo, Diniz deverá manter a equipe titular. 

"Vamos focar no Ceará, depois de sábado a gente vai ver o time que podemos escalar na terça-feira", afirmou Diniz, referindo-se ao jogo de volta da Copa do Brasil. O treinador não quis comentar sobre a possibilidade de contratação do meia Paulo Henrique Ganso, que está no Fluminense. "Isto é um assunto interno. O Ganso teve uma boa participação comigo no Fluminense e se ele puder voltar vai ser bom para todo mundo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.