Lucas Merçon/Fluminense FC
Lucas Merçon/Fluminense FC

Diniz elogia João Pedro e Marcos Paulo, mas prega 'pé no chão' no Fluminense

Jovens marcaram na goleada por 4 a 1 sobre o Cruzeiro no sábado pelo Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

19 de maio de 2019 | 12h58

Fernando Diniz não se ilude com a goleada imposta pelo Fluminense sobre o Cruzeiro, sábado, por 4 a 1, no Maracanã. O treinador elogiou a atuação dos garotos João Pedro e Marcos Paulo, mas prefere adotar uma postura "pé no chão". "João Pedro e Marcos Paulo são garotos muito talentosos, a gente tem que ter cuidado para lançar, tudo tem uma hora certa, mas tem que ter cuidado para poder acertar. A vitória fortalece, sabendo trabalhar. Tem que ter pé no chão, jogamos algumas partidas muito bem, contra o Botafogo, tivemos domínio e a bola não entrou e hoje, tivemos um placar elástico."

Segundo o treinador, o time teve uma atuação semelhante na quinta-feira, diante do mesmo adversário, mas pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, quando houve empate por 1 a 1, com um gol de João Pedro nos acréscimos. "Desta vez a bola entrou. Tem dias que a gente joga bem e a bola não entra, mas futebol é assim."

O treinador afirmou que espera manter o bom nível da equipe no jogo de quinta-feira, pela segunda fase da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, no Maracanã. "Vamos tentar fazer uma boa partida em casa. O mais importante é continuar evoluindo, melhorando a cada jogo."

Diniz aproveitou para agradecer o apoio dos torcedores. "A torcida está jogando junto com o time e merece essa vitória. A força que vem das arquibancadas é muito importante para dar entusiasmo para os jogadores em campo." Em cinco jogos no Brasileiro, o Fluminense soma seis pontos. O próximo compromisso é domingo, diante do Bahia, em Salvador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.