Rubens Chiri/São Paulo
Rubens Chiri/São Paulo

Diniz pode repetir escalação do São Paulo e já 'se igualar' a Cuca

Para o jogo contra o Fortaleza, neste sábado, equipe tricolor pode ser a mesma que iniciou a partida diante do Flamengo

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2019 | 04h30

Até pedir demissão na semana passada, o técnico Cuca conseguiu repetir a escalação do São Paulo em duas partidas consecutivas apenas uma vez neste Campeonato Brasileiro. Seu sucessor, Fernando Diniz, já tem a chance de repetir o feito em seus dois primeiros jogos à frente do time tricolor.

Assim como Cuca fazia, Diniz também fecha os treinos antes das partidas. Na quarta e quinta-feira, a imprensa pôde acompanhar apenas o aquecimento dos jogadores no CT da Barra Funda. Nesta sexta, véspera do duelo com o Fortaleza, a atividade será completamente fechada.

A tendência é de que Diniz repita a equipe que iniciou o empate sem gols com o Flamengo no último sábado, no Maracanã. Os desfalques certos continuam os mesmos: Everton, Alexandre Pato, Toró e Rojas. Raniel, que vinha sendo o centroavante reserva, é dúvida.

Com isso, a provável escalação do São Paulo para a partida de sábado tem: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê, Hernanes e Daniel Alves; Antony e Pablo.

Desde que chegou ao São Paulo na última sexta-feira, Diniz avisou que não faria muitas mudanças no seu início de trabalho. O treinador pretende implantar seu estilo de jogo aos poucos.

Diniz tem mostrado vídeos ao elenco e conversado com os jogadores. Em campo, o técnico cobra pressão nas saídas de bola e movimentação constante dos atletas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.