Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Diniz promete escalar Antony regularmente no São Paulo até o fim do semestre

Treinador elogia postura do atacante e garante que vai utilizá-lo antes da efetivação da transferência para o Ajax

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

16 de fevereiro de 2020 | 04h30

A venda do atacante Antony, do São Paulo, ao Ajax não vai mudar a posição dele de titular do time. Neste sábado, depois do empate por 0 a 0 com o Corinthians, no Morumbi, o técnico Fernando Diniz afirmou que vai utilizar normalmente o jogador, mesmo com a transferência marcada para ser concluída em julho e com o jogador vetado de última hora de entrar em campo no clássico.

O São Paulo optou por não colocar Antony mesmo no banco de reservas porque nos próximos dias ele vai fazer o exame médico que vai selar a venda para o Ajax. A partir disso, haverá uma espécie de seguro, que vai garantir ao clube do Morumbi e ao atacante de 19 anos poder atuar normalmente e não terem a negociação cancelada em caso de alguma lesão durante os próximos meses.

"O Antony queria jogar e eu queria que ele jogasse. Mas por precaução, consensualmente nós resolvemos preservar o jogador", disse Diniz. O técnico garantiu que como a transferência será selada somente no fim do ano, Antony vai jogar normalmente. "Ele está com a cabeça muito boa, está focado e tem identificação muito grande com o clube. Inclusive por isso ele queria jogar o clássico", afirmou.

A negociação do São Paulo com o Ajax por Antony pode chegar a R$ 135 milhões, dos quais R$ 74 milhões serão pagos agora, mais R$ 28 milhões são por bônus e metas e R$ 33 milhões envolvem participação em uma futura venda de David Neres, também revelado pelas categorias de São Paulo e vendido ao Ajax em 2017.

O atacante foi o destaque na campanha do título do São Paulo na Copinha, no ano passado. O jogador ainda não atuou pela equipe neste ano porque esteve nas primeiras semanas do ano cedido à seleção brasileira para a disputa do Pré-Olímpico, na Colômbia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.