Diogo é suspenso por três jogos e desfalca a Portuguesa

Atacante acertou uma cotovelada em Keirrison, do Coritiba, e não enfrenta o São Paulo neste domingo

AE, Agencia Estado

25 de julho de 2008 | 16h26

Expulso na partida contra o Coritiba, o atacante Diogo, da Portuguesa, escapou de ser suspenso por um longo período no julgamento desta sexta-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O destaque da Lusa recebeu um gancho de apenas três jogos. Como já cumpriu suspensão automática, Diogo desfalcará a Portuguesa apenas contra São Paulo, neste domingo, e Fluminense, na próxima quarta-feira.Diogo foi expulso por Leonardo Gaciba no segundo tempo da partida com o Coritiba após acertar o atacante Keirrison com uma cotovelada. Por conta disso, ele foi indiciado no artigo 253 (praticar agressão física contra o árbitro ou seus auxiliares, ou contra qualquer outro participante do evento desportivo) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), cuja pena é de 120 a 540 dias de suspensão. Porém, o departamento jurídico da Portuguesa conseguiu desclassificar o artigo. Com isso, Diogo foi julgado no 254 (praticar jogada violenta), que tem como pena dois a seis jogos de suspensão. 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSTJDPortuguesaDiogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.