Diogo fica surpreso com cinco jogos de punição por briga

O lateral uruguaio Carlos Diogo disse nesta quarta-feira que esperava ter recebido uma punição menor do que os cinco jogos aplicados pelo Comitê de Competições da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) pela briga com o atacante brasileiro Luís Fabiano, do Sevilla, no jogo do último sábado."Esperava que fosse menos, mas agora a punição está aí e deve ser cumprida", afirmou o jogador, que se disse "cansado de falar sobre isso todos os dias", logo após a sessão de treinos de seu clube. O Zaragoza já anunciou que vai recorrer da punição.No Sevilla, Luís Fabiano foi preservado de falar, mas o clube disse que também vai recorrer - ele foi suspenso pelos mesmos cinco jogos que Diogo. O brasileiro acusa o uruguaio de tê-lo provocado, inclusive pisando na sua mão, enquanto Diogo diz que Luís Fabiano o irritou com uma cabeçada leve e um puxão no pescoço. "As imagens mostram que em nenhum momento Luís Fabiano chegou a agredir o adversário, e não levaram em conta a provocação inicial", disse o advogado do Sevilla, Javier Moya.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.