Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Diogo Oliveira, ex-atacante de Flamengo e Santos, morre em acidente de moto no Paraná

Jogador foi revelado no clube da Baixada Santista e vestiu a camisa rubro-negra no início dos anos 2000

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2021 | 13h19

O atacante Diogo Oliveira, com passagens por Flamengo e Santos, morreu aos 38 anos nesta quarta-feira, dia 10, após sofrer um acidente de moto em Maringá, no interior do Paraná. Em sua página no Twitter, o Flamengo lamentou o ocorrido e manifestou solidariedade à família do jogador, que vestiu a camisa rubro-negra no início dos anos 2000. 

"O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente a morte do ex-atacante Diogo, que defendeu o clube em 2004. Muita força aos familiares e amigos neste momento tão triste", escreveu o clube na publicação. Diego foi um jogador sem tanto brilho, mas com passagens interessantes por times importantes do futebol brasileiro. 

Diogo Oliveira foi formado nas categorias de base do Santos e passou por times como Rio Branco-SP, ABC e América-RN também. No exterior, jogou no futebol da Suécia e dos Emirados Árabes antes de encerrar a carreira em 2017, no Grêmio Maringá.   

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.