Diogo passa por cirurgia e desfalca Lusa por um mês

A Portuguesa ganhou um desfalque de última hora para o duelo contra o Corinthians, neste domingo, em Campo Grande (MS), pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o atacante Diogo passou por uma cirurgia, por conta de uma apendicite aguda e para correção de uma hérnia inguinal, e terá de ficar afastado dos gramados pelos próximos 30 dias.

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2013 | 18h29

O jogador de 26 anos está em observação no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e deve receber alta neste fim de semana. Além da remoção do apêndice, Diogo aproveitou a operação para tratar de um problema de hérnia inguinal. "A hérnia não teve relação com a apendicite, mas foi ela quem exigirá um tempo maior de recuperação", explicou o médico Cláudio Lepera.

A expectativa é de que o atacante retorne aos gramados somente no jogo contra o São Paulo, no dia 3 de novembro. "É uma pena, porque ele tinha readquirido sua melhor forma física e técnica desde quando voltou ao Brasil", lamentou o técnico Guto Ferreira.

Neste período de afastamento, a Lusa fará outros sete jogos, além do duelo contra o Corinthians. Recebe Santos, Goiás, Vitória e Flamengo, além de visitar Cruzeiro, Atlético-PR e Criciúma. "Vamos tomar cuidado, para que ele volte 100%, sem chances de recaída", explicou Cláudio Lepera.

A Lusa, que ocupa a 14ª posição com 28 pontos, ainda contará outros dois importantes desfalques para o jogo deste domingo. Guto Ferreira terá de cumprir dois jogos de suspensão, impostos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A punição é referente à expulsão na vitória sobre o São Paulo, por 2 a 1, no dia 11 de agosto. E o lateral-direito Luís Ricardo cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

O auxiliar Alexandre Faganello substituirá Guto Ferreira e comandará o time no banco de reservas. Na lateral direita, o treinador deve mandar a campo Ivan. Além disso, o goleiro Lauro e o atacante Gilberto voltam, após ficarem fora da vitória sobre o Internacional, por 1 a 0, por força contratual - entram nas vagas de Gledson e Diogo, respectivamente.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaDiogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.