Diogo pode reforçar a Portuguesa contra o Botafogo

Jogador é liberado pelo departamento médico e volta a treinar com a equipe do técnico Vágner Benazzi

Redação,

14 de abril de 2008 | 19h21

O jovem atacante Diogo, apontado como a maior revelação da Portuguesa nos últimos anos, foi liberado pelos médicos para treinar e pode ser a grande novidade da Lusa para o jogo desta quarta-feira, às 21h50, no Estádio Canindé, em São Paulo, contra o Botafogo-RJ pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. Veja também: Botafogo esquece Carioca e já pensa na Portuguesa "É muito ruim você ficar do lado de fora e não poder ajudar os seus companheiros. Esperei muito por este momento, mas uma infelicidade me tirou do Paulistão. Isso já passou, e agora estou totalmente voltado para a seqüência da temporada", disse o jogador de apenas 20 anos. Mas a falta de ritmo de jogo pode ser decisiva para que o técnico Vágner Benazzi o deixe de fora. O jogador só voltou a treinar com bola no último sábado, em Jarinu, onde a equipe está concentrada. Mas o técnico não descartou a possível entrada do atacante no banco de reservas. Diogo fraturou o pé direito logo no jogo de estréia do Campeonato Paulista e ficou parado três meses. A definição deve sair nesta terça-feira. Assim como quem será o substituto do suspenso volante Erick. O zagueiro Alisson e o volante Rai brigam pela vaga. A Lusa volta de Jarinu na terça-feira à noite e já se concentra na capital. A Portuguesa se classificou após vencer o Volta Redonda-RJ, por 2 a 0. O primeiro jogo acabou 0 a 0. O Botafogo, por sua vez, perdeu para o River-PI, por 2 a 1, e depois venceu, por 2 a 0, no Estádio João Havelange.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa do BrasilPortuguesaDiogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.