Diogo retorna e já acerta novo contrato com o São Paulo

O lateral-esquerdo Diogo procurou a diretoria do São Paulo nesta sexta-feira e acertou seu retorno ao clube, após passar dois meses e meio ausente ao tentar cancelar seu vínculo de trabalho com a equipe. Nesta semana, o pedido de liberação foi indeferido em definitivo pela Justiça.

AE, Agência Estado

26 de março de 2010 | 16h01

Ao ser procurada pelo jogador, a diretoria do São Paulo negociou a renovação de um novo contrato, até 2015. Diogo voltará a se reencontrar com parte do elenco na segunda-feira, quando se reapresentará. Um grupo de jogadores já estará no México se preparando para a Copa Libertadores.

Embora tenha se demonstrado feliz com o retorno, Diogo não se arrependeu de tentar deixar o clube. "Na minha opinião, não estava sendo valorizado, junto com isso recebi propostas da Itália e da Grécia que mexeram comigo e acarretou nisso tudo", afirmou ao site oficial do São Paulo.

Para o jogador, a insistência dos dirigentes em mantê-lo foi fundamental para que decidisse retornar. "Desde o primeiro momento em que começou a disputa jurídica, o São Paulo sempre quis o meu retorno. As declarações do Ricardo Gomes tiveram grande importância também, porque ele sempre disse para eu ter paciência, pois minha hora ia chegar", contou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão PauloDiogoretornocontrato

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.