Diogo vibra com fim do jejum no Flamengo

O empate por 1 a 1 com o Corinthians, no Engenhão, manteve o Flamengo sob pressão e ameaçado de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, mas Diogo teve razões para deixar o estádio comemorando. Afinal, o atacante marcou o seu primeiro gol pelo clube carioca ao empatar o jogo aos 2 minutos do segundo tempo.

AE, Agência Estado

28 de outubro de 2010 | 11h32

Contratado durante o Brasileirão, Diogo só conseguir fazer um gol pelo Flamengo após 13 partidas e admitiu que o jejum incomodava. "Muito tempo sem fazer gols, para um atacante que está acostumado a balançar as redes, incomoda um pouco. Mas graças a Deus marquei e pude ajudar o time", disse.

Diogo reconheceu que o Flamengo teve uma atuação apagada no Engenhão e citou o excesso de passes errados como fator fundamental para o empate com o Corinthians. "Acabamos errando muito na criação de jogadas no primeiro tempo, erramos muitos passes. Não sei se por falta de concentração ou por outro motivo, mas temos que melhorar isso", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.