Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Diogo volta a marcar depois de 12 meses e ajuda o Palmeiras

Atacante havia balançado a rede pela última vez contra na 22.ª rodada do Brasileirão 2013, quando ainda defendia a Portuguesa

O Estado de S. Paulo

17 Setembro 2014 | 23h56

O atacante Diogo marcou o primeiro gol do Palmeiras nesta quarta-feira contra o Flamengo no empate por 2 a 2 no Pacaembu e colocou fim a um jejum de exatos 12 meses sem marcar gols. O jogador havia balançado a rede pela última vez contra o Fluminense, na 21.ª rodada do Brasileirão do ano passado, quando ainda defendia a Portuguesa. 

Na ocasião, Diogo abriu o placar para o time paulista contra o Fluminense, no Maracanã. A equipe carioca, no entanto, conseguiu virar a partida. No total, Diogo disputou 29 partidas até voltar a marcar - 24 pelo Palmeiras e cinco pela Portuguesa.

O atacante chegou ao Palmeiras no começo deste ano e nunca se firmou como titular. Depois da chegada do técnico Dorival Júnior, Diogo foi escalado em quatro jogos seguidos. Na 9.ª rodada, sob o comando de Alberto Valentim, ele conseguiu marcar diante do Grêmio. O lance, porém, foi invalidado pela arbitragem.


Diogo, de 27 anos, destacou-se em 2005, na Portuguesa. Em três temporadas, marcou 24 gols. No futebol grego, disputou 71 jogos pelo Olympiakos (fez 17 gols). Emprestado ao Flamengo, brilhou pouco, marcando apenas um gol - mesmo número alcançado no retorno à Portuguesa, já no ano passado.

O atacante é o 11.º jogador do Palmeiras a marcar neste Campeonato Brasileiro. O ataque palmeirense soma 18 gols no torneio - Henrique fez oito deles. Dez atletas marcaram apenas uma vez: o próprio Diogo, Victor Luís, Marquinhos Gabriel, Tobio, Cristaldo, Juninho, Leandro, Lúcio, Wesley e Alan Kardec. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.