Direitos atrasados preocupam Palmeiras

Apesar de liderar o Rio-São Paulo, o clima entre os jogadores do Palmeiras está tenso. Embora não tenham se manifestado publicamente, alguns estão sem receber o direito de imagem há dois meses, situação que também incomoda um importante membro da comissão técnica. A informação foi confirmada na quinta-feira de manhã pelo diretor de futebol do clube, Sebastião Lapola, que profundamente irritado se voltou contra o elenco. "Quem não estiver satisfeito pode vir falar comigo e pedir para ir embora. Vou liberar na mesma hora. Não teremos problema nenhum em colocar os jogadores em clubes maravilhosos, que pagam em dia, como o Flamengo." Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

29 Março 2002 | 11h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.