Diretor de Segurança da Fifa pede mudanças no Mineirão

Assim como tinha feito no dia anterior no Maracanã, o diretor da Fifa para segurança nos estádios, Walter Gagg, visitou nesta quarta-feira o Mineirão, em Belo Horizonte. Foi uma inspeção para que o local possa receber jogos da seleção brasileira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.O delegado de segurança da Conmebol, Álvaro González Alzate, também participou da vistoria. E eles foram acompanhados pelo presidente da Federação Mineira de Futebol, Paulo Schettino, pelo secretário-geral da CBF, Marco Antônio Teixeira, pelo secretário de Esportes e Juventude de Minas Gerais, Fahim Swan, e pelo diretor da Administração de Estádios do Estado de Minas Gerais (Ademg), José Eustáquio Natal.O diretor da Fifa elogiou o Mineirão de uma maneira geral, mas solicitou algumas mudanças no estádio - que devem ser realizadas até agosto. Entre as reformas necessárias estão o aumento do número de cadeiras nos bancos de reservas (de 18 para 23 lugares) e melhorar o acabamento dos vestiários, inclusive, com armários para os jogadores."O Mineirão é um estádio maravilhoso, em muito boas condições. Há poucas coisas a fazer para a liberação para jogo das Eliminatórias", disse Walter Gagg, que elogiou o gramado e o sistema de vigilância do estádio. Nesta quinta-feira, o representante da Fifa continua seu trabalho de inspeção em dois estádios de Porto Alegre, o Olímpico e o beira-rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.