Alex Silva/ Estadão
Alex Silva/ Estadão

Diretor diz que Guto Ferreira não faz parte dos planos do Corinthians

Flávio Adauto revelou que o momento é de cautela para não cometer erros

O Estado de S.Paulo

16 de dezembro de 2016 | 12h26

Com a demissão de Oswaldo de Oliveira, o Corinthians agora busca um novo treinador para a próxima temporada. Um dos nomes mais cogitados para a função é o de Guto Ferreira, que conseguiu o acesso à Série A com o Bahia. Contudo, segundo o diretor de futebol Flávio Adauto, o técnico não está nos planos do clube.

"Não foi colocado o nome do Guto, não faz parte do esquema de trabalho que temos hoje no Corinthians. Nós não conversamos com ninguém. Se empresários estão procurando, vamos atendê-los, vamos procurar", disse em entrevista à ESPN.

Com contrato até o fim da próxima temporada e uma multa rescisória de aproximadamente R$ 1 milhão, Guto Ferreira é visto com bons olhos por alguns conselheiros, mas não é considerado uma unanimidade, já que muitos acreditam que o treinador não suportaria a pressão da equipe. Outro nome especulado é o de Vanderlei Luxemburgo. Este, entretanto, sofre mais rejeição do que aceitação no Parque São Jorge.

Para Flávio Adauto, o momento é de ter calma. "É muito difícil falar depois de 24 horas. Muita cautela. A gente não pode errar, pode ser fatal para todas as pretensões de 2017."

Sem a classificação para disputar a Libertadores, o dirigente admitiu que o ano não foi bom. "Foi um ano ruim e a gente espera melhores dias, o Corinthians tem uma pujança muito forte. Não é um time que se contenta quinto e sexto, tenta sempre ser campeão. O ano foi ruim", analisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.