Diretor do Milan afirma que Kaká é inegociável

"Kaká absolutamente não está à venda". A afirmação curta e simples foi feita neste sábado pelo diretor de comunicação do Milan, Vittorio Mentana, a respeito da oferta de 100 milhões de euros (R$ 252 milhões) que o Chelsea encaminhou ao clube italiano pelo jogador brasileiro, no que seria a maior transação da história do futebol. A incrível proposta do Chelsea parece ter atraído o interesse de Kaká, que está no Milan desde 2003. Mas o clube italiano já tratou de descartar uma possível venda do astro brasileiro, que foi assediado nos últimos anos também pelo Real Madrid.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.