Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Diretoria do Flamengo se reúne na Gávea para tratar de tragédia

Encontro deste sábado serviria para tratar de auxílio aos familiares das vítimas

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

09 Fevereiro 2019 | 10h26

A diretoria do Flamengo iniciou uma reunião na manhã deste sábado para definir ações após o incêndio que provocou dez mortes e deixou três feridos em seu Centro de Treinamento, na sexta-feira. Segundo interlocutores do clube, além de tentar encontrar respostas para a tragédia, o encontro deste sábado serviria para tratar de auxílio aos familiares das vítimas.

A reunião seria comandada pelo presidente do clube, Rodolfo Landim, que desde sexta-feira comanda um "gabinete de crise". Esse "gabinete crise" é formado por vários grupos. Um grupo, por exemplo, trabalha na assistência às famílias, outro está fazendo o inventário de toda a documentação.

Na sexta-feira, o Flamengo optou pela cautela. Landim fez apenas um rápido pronunciamento, sem responder perguntas dos jornalistas. Desde as primeiras horas, contudo, o clube tem auxiliado os familiares das vítimas com transporte e hospedagem ao Rio.

Ainda que em clima de luto, o clube vai retomando os trabalhos neste sábado. Enquanto a diretoria se reúne, os jogadores foram ao CT. O time enfrenta na semifinal da Taça Guanabara, quinta-feira, o Fluminense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.