Diretoria do Santos promete quitar salários atrasados nesta sexta

Diretoria do Santos promete quitar salários atrasados nesta sexta

Clube deve salários de outubro e novembro. Anúncio do pagamento foi feito em reunião do presidente Modesto Roma com jogadores

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

08 de janeiro de 2015 | 18h32

A promessa do pagamento dos salários atrasados de outubro e novembro nesta sexta-feira foi o principal motivo dos sorrisos e da descontração dos jogadores do Santos na reapresentação do elenco. A informação da diretoria trouxe tanto alívio que ofuscou a chegada praticamente certa do meia Chiquinho, do Fluminense, que deve ser a primeira contratação de 2015. Os vencimentos de dezembro e o 13.º salário serão pagos em três meses.

O presidente Modesto Roma Junior se reuniu com os jogadores na tarde desta quinta-feira e fez o anúncio do pagamento dos salários em uma reunião que durou quase meia hora. Em seguida, os jogadores fizeram testes médicos e físicos, que serão repetidos nesta sexta-feira. As atividades no gramado serão realizadas apenas no domingo.

A reapresentação dos atletas teve só três caras novas, que voltaram de empréstimo: Lucas Crispim, Lucas Otávio e Rafael Galhardo. Nenhum deve ser titular e provavelmente serão emprestados novamente. Por outro lado, dez jogadores deixaram o clube: Leandro Damião, Souza, Bruno Uvini, Neto, Rildo, Vinícius Simon, Giva, Alan Santos, Jorge Eduardo e Nailson. Membros da comissão técnica opinam que nenhuma ausência será sentida.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCPaulistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.