Alex Silva/ Estadão
Alex Silva/ Estadão

Diretoria do São Paulo fica irritada com postura de Lucão após falhas

Zagueiro pode até não jogar pela equipe após afirmar que "já já estou indo embora"

Paulo Favero, Estadão Conteúdo

19 de junho de 2017 | 21h14

A diretoria do São Paulo ficou bastante incomodada com as declarações do zagueiro Lucão após a derrota para o Atlético Mineiro por 2 a 1, no último domingo, no estádio do Morumbi. O jogador, após falhar feio no segundo gol e não conseguir afastar direito a bola no primeiro gol do adversário, disse em tom irônico que "para alegria de muitos torcedores, já já estou indo embora".

Lucão tem um histórico de erros no time principal e o maior deles foi contra o Corinthians, no campo do adversário. Desde então, parte da torcida pega no pé do jogador. Com as falhas contra o Atlético Mineiro, o zagueiro ficou em situação delicada e a diretoria está analisando a situação. Nem tanto pelos erros, mas pelo que falou na saída do campo.

Os dirigentes estão avaliando o que vão fazer com Lucão; se ele será multado ou até afastado do grupo. Como tem apenas seis jogos no Campeonato Brasileiro, se atuar mais uma vez pelo São Paulo não poderá ser negociado para outro time da Série A. Até por isso, a expectativa é que ele não seja relacionado para enfrentar o Atlético Paranaense, nesta quarta-feira, em Curitiba.

Lucão tem apenas 21 anos, mas já vestiu a camisa do São Paulo 92 vezes e marcou quatro gols. Ele sempre foi muito elogiado pelos treinadores, inclusive Rogério Ceni, mas a situação do jogador se tornou delicada. Ele deve buscar novos ares, mesmo que seja por empréstimo. Recentemente, teve proposta do exterior e de clubes como Santos e Vitória. Mas seu destino no momento é incerto.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCfutebolLucão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.