Paulo Fernandes/ Vasco
Paulo Fernandes/ Vasco

Diretoria do Vasco promete cinco contratações, mas faz mistério

Eurico Miranda ainda deu uma dica sobre os futuros reforços 'a maioria dos atletas que estamos negociando já passaram pelas seleções de países'

Estadão Conteúdo

22 de dezembro de 2016 | 13h20

O Vasco começará o ano de 2017 com cinco reforços, considerados de "impacto" e com vocação ofensiva. Foi isso que prometeram nesta quinta-feira o vice de futebol, Eurico Brandão Miranda, e o novo gerente de futebol do clube, Anderson Barros, em entrevista coletiva realizada em São Januário.

"Iremos contratar no mínimo cinco atletas e temos várias negociações em curso", garantiu Eurico Brandão Miranda, o Euriquinho, que não citou nomes. Ele deu apenas dicas e fez questão de sustentar o mistério quanto aos futuros reforços. "A maioria dos atletas que estamos negociando já passaram pelas seleções de países. Currículos interessantes."

Ele admitiu que alguns deles já tiveram passagens pelo clube carioca e são de "impacto". "Os nomes que vêm são de impacto para nós, do departamento de futebol. O que a gente pode falar para o torcedor é que alguns nomes desses que eles esperam podem vir para o Vasco", afirmou.

Anderson Barros adiantou que o foco é reforçar o setor ofensivo. "É uma das nossas prioridades nas contratações", garantiu o gerente de futebol, que frisou se tratar de "contratações pontuais". "Os nomes estão definidos, mas negociações existem altos e baixos."

Questionados sobre nomes, ambos se esquivaram. Mas o vice de futebol, ao ser perguntado sobre o possível retorno de Riascos, que está em conflito com o Cruzeiro, clube ao qual pertence, disse que o jogador não interessa ao time no momento. "O Vasco não se envolve com jogador que está em litígio com outro clube."

Quanto ao elenco atual, Euriquinho disse que já decidiu "o destino de todos os atletas deste ano". Ele revelou que Julio dos Santos e Marcelo Mattos já tiveram os contratos renovados. E disse que Aislan, Fellype Gabriel e William já deixaram o time. Ao todo, dez jogadores devem sair da equipe.

Euriquinho indicou que deve usar mais os jogadores da base neste ano. Mas, novamente, não citou nomes. "Vamos investir muito seriamente na base do Vasco. Temos cinco ou seis atletas com grande potencial."

Sem apresentar valores, ele afirmou que o Vasco terá orçamento maior para investir na formação do elenco para 2017, quando voltará a disputar a Série A do Campeonato Brasileiro. "Nesses dois últimos anos, nos preparamos para crescer. O clube tinha imensos problemas de estrutura. O Vasco hoje está preparado para crescer. Esse ano teremos um poder de investimento maior, o que atrai mais os atletas", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
VascoSão JanuárioFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.