Diretoria e MSI exigem a vitória domingo

A Diretoria do Corinthians exige de qualquer maneira uma vitória no clássico de domingo contra o Palmeiras. Os dirigentes do River Plate foram pressionados e prometeram que amanhã pela manhã enviarão fax confirmando a transferência de Mascherano. Com isso o volante terá condições de jogar contra o Palmeiras. É o que faltava para o plano tático de Márcio. O treinador quer, primeiro, anular as principais peças do Palmeiras - Juninho (se escapar de punição no julgamento desta sexta-feira) e Pedrinho. Para isso, quer Marcelo Mattos e Mascherano muito aplicados na marcação. O treinador aproveitou para treinar finalizações. Acredita que o ataque precisa melhorar. Já é um ganho a entrada de Tevez no lugar de Abuda. Com a presença do argentino, Jô melhorou muito. Márcio também treinou jogadas de bola parada. Acha que pode ganhar o duelo neste quesito. A organizada Gaviões da Fiel mandou representantes hoje ao treinamento do time no Parque São Jorge. Cerca de 200 torcedores gritaram pedindo empenho. Constrangidos, os jogadores sorriam sem graça. Kia Joorabchian foi quem acalmou os torcedores. Prometeu a vitória diante do Palmeiras e ainda a contratação de Vágner Love. Para os jornalistas, o iraniano confirmava que a próxima semana será decisiva na busca do jogador do CSKA. "Ao contrário do que muita gente dizia, estamos muito perto da definição. Nos encontraremos com um dirigente do CSKA em São Paulo para viabilizar essa transação." O escolado Roger, muito mais comedido, não prometeu nada a ninguém. "O favorito é o Palmeiras. Nós ainda estamos buscando a regularidade. Eles venceram muito bem o último jogo" (4 a 1 sobre o Botafogo, domingo, de virada).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.