Bruno Cantini/Atlético Mineiro
Bruno Cantini/Atlético Mineiro

Diretoria satisfeita: Valdívia deve ser último reforço do São Paulo no início de ano

Meia-atacante deve ser anunciado nesta terça como sexto reforço tricolor, depois de Jean, Anderson Martins, Diego Souza, Nenê e Tréllez

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

06 de fevereiro de 2018 | 07h00

O São Paulo deve anunciar hoje seu sexto e, muito provavelmente, último reforço neste início de temporada. O meia-atacante Valdívia passou ontem por exames e detalhes burocráticos sobre o contrato impediram o anúncio imediato. O jogador deve ficar no clube tricolor durante um ano, emprestado pelo Internacional.

Dorival saca Brenner e indica São Paulo com Cueva e Nenê titulares

Valdívia chega depois do goleiro Jean, do zagueiro Anderson Martins, dos meias Diego Souza e Nenê, e do atacante Tréllez. A diretoria são-paulina está satisfeita com o número e com o perfil dos jogadores contratados, e planeja colocar o pé no freio nas próximas semanas.

O provável reforço de Valdívia supre um pedido da comissão técnica por um atleta de velocidade e que possa atuar pelas pontas. Fora dos planos do Atlético-MG, clube que defendeu na temporada passada, e do Internacional, que detém seus direitos econômicos, o meia-atacante se encaixa nestas características.

“Ele é um jogador muito bom, acima da média, e vem para somar”, avalia o lateral-esquerdo Reinaldo. “Tenho certeza que ele vai ajudar o São Paulo, a qualidade dele é indiscutível.”

Valdívia deve fazer os primeiros trabalhos com os novos companheiros ainda antes do jogo de amanhã contra o Bragantino, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, mas não estará à disposição para esta partida. Uma possível data para sua estreia é contra o Ituano, no dia 15, pela sétima rodada.

Em 2017, ele participou de 31 jogos com a camisa do Atlético-MG e marcou dois gols. No São Paulo, disputará posição no meio-campo com Nenê, Cueva e Shaylon.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.