Dirigente diz que Júlio Baptista está nos planos do Real

Bom desempenho na conquista da Copa América deve garantir retorno de meia ao clube espanhol

Efe

17 de julho de 2007 | 16h48

O ex-jogador espanhol Miguel Ángel Portugal, novo secretário técnico do Real Madrid, pediu a permanência de Júlio Baptista na equipe e destacou sua confiança no meia brasileiro.   "É um jogador que está num nível de maturidade que pode ser importante num elenco como o nosso. Acredito que Júlio Baptista será importante para o Real Madrid", disse Portugal.   O meia brasileiro, um dos destaques da recente conquista da Copa América pela seleção, foi emprestado ao Arsenal na temporada passada e não permanecerá no time inglês.   O novo dirigente defendeu também o alto custo da contratação do zagueiro brasileiro Pepe, cujo passe custou 30 milhões de euros ao Real. "Os jogadores custam o que se paga. Pepe estava na pauta dos grandes clubes. Nunca saberemos seu valor real até que ele mostre seu desempenho com a camisa do clube", disse Portugal, contente também com a contratação do alemão Bernd Schuster como técnico do time.   "As equipes de Schuster jogam bem e vencem. Ele é um treinador que passou por aqui como jogador, assim como Miguel Muñoz e Del Bosque, dois técnicos que conquistaram muitos títulos. Espero que o mesmo aconteça novamente", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.