Dirigente diz que Suárez prejudicou imagem do Liverpool

Apesar de estar satisfeito com a volta de Luis Suárez após cumprir suspensão por morder um adversário, o Liverpool ainda está preocupado com os danos que a ação do atacante uruguaio causou para a marca do clube mundialmente. A suspensão de 10 partidas por atacar Branislav Ivanovic, do Chelsea, durante um jogo em abril veio após outra grande polêmica - Suárez recebeu uma pena de oito jogos após dirigir insultos raciais a Patrice Evra, do Manchester United, em 2011. "Qualquer tipo de incidente dessa natureza é prejudicial para a marca", disse Ian Ayre, diretor de operações do Liverpool, nesta quinta-feira.

AE-AP, Agência Estado

26 de setembro de 2013 | 11h36

Suárez voltou a jogar pelo Liverpool na derrota por 1 a 0 para o Manchester United pela Copa da Inglaterra, após revelar publicamente o seu desejo de deixar o clube na última janela de transferências. O time, porém, rejeitou proposta do Arsenal. "Luis é um jogador de futebol, ele é um lutador de rua, ele é uma personagem monumental", disse Ayre no Sport Industry Group Breakfast Club, em Londres.

"Ninguém está tolerando qualquer comportamento ruim, mas é algo que você tem que lidar. Ele é o que ele é, ele é o personagem que ele é, e temos que tentar e aproveitar isso", afirmou. "Temos trabalhado muito com o Luis desde o último incidente com Ivanovic e ele tem respondido bem a isso. Ele está preparado para se comprometer a trabalhar com essa conduta", completou.

Mesmo que Ayre tenha dito que os problemas de Suárez não tenham atingido as receitas de patrocínio, o clube de 121 anos quer garantir que seus princípios sejam respeitados. "Somos uma instituição e nos baseamos em valores familiares, e quando seus filhos são maus, tem que ensiná-los e mostrar seus erros. Aqui é o mesmo", disse Ayre. "Toda vez que você tem um problema negativo como esse, claro que é prejudicial, mas o importante é corrigi-lo e assegurar a integridade do clube. E eu acredito que é o que nós fizemos".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiverpoolSuárez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.